segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Flor de lis



Flor de lis
Quero teu bálsamo
envolvendo meu corpo
Quero teu abraço morno
mais um pouco
Quero ver as flores de teu jardim
Flores de lis
Que brotam de uma beleza
prematura
Deixando sem cura a dor da perda
Afugentando a coragem
Hoje sobre teu leito
a verdade se torna crua e suave
Deixando lindas folhagens
ao relento molhadas
em gotas de orvalho
sobre teu corpo pálido
se fundem com lágrimas
de meus olhos
Que fingem não sentir
a invasão do silêncio
por gritos de agonia
os mesmos que velam
tua alma solitária
no cair da madrugada.

Gilliard Q. Xavier

Nenhum comentário:

PoemasVersosPoesias

PoemasVersosPoesias
A origem da vida...é o ciclo em movimento.

Esse Blog é para os amantes da poesia ,versos e poemas

Minha foto
ELDORADO DO SUL, RGS, Brazil
Um escritor que vive no anonimato Graduado em gestão imobiliária e licenciado em Geografia.