domingo, 10 de julho de 2016

pobres poetas

As incertezas e o amor
as paixões e desilusões,
as dores d'alma...
Pobres poetas!
Se alimentam de sentimentos
com sabor de sofrimento.
Mas são só  momentos,
hora muda,
tudo floresce e some o breu...
E essa dor que doi como ferida
muda a vida,
E ele, coloca mais tinta
e segue a escrever...
Mesmo porque a insónia
persiste ele tem que viver.

Gilliard





Saudades

Que saudades de você,
onde foi que se escondeu!?
Que meus olhos não  á encontram.
Onde estas?
 Seu perfume que não sinto,
pelo ar...

Onde estas?
Que não escuta minha voz,
gritando seu nome,
essas linhas tênues do destino
passam por caminhos que percorro
é não á vejo. 

Essas noites escuras me confundem,
com sonhos fantasiosos ,
e esse som do mar quebrando as ondas 
dificultam escutar teu canto
onde foi que você se escondeu?
Onde foi que se perdeu de mim?


Gilliard Quadrado Xavier

Leve á vida

A vida nem Freud explica!

Nem tente, entende-la,

Apenas leve á vida

ou á vida leve...


Gilliard Quadrado xavier

Lembranças

Será que me esqueceu?
onde estão todas as lembranças!
aquela segurança,
o sabor do beijo, calor do abraço.

Aquele amor declarado,
lado a lado,
aquecido em meu peito.
Será que me esqueceu?

Não me responde,
não me houve mais,
Não me vê...
Como aguenta?!

É realmente, não tem jeito,
estou só!
tanto tempo longe,
escondendo-se entre tempos e carinhos.

E eu! desfrutando desse sabor amargo
que se chama solidão...
Meu coração, desacelera, desfalece 
se debate com esse tal sofrer.

Como para com esse desatino?
essa dor, que não para de doer.
essas memorias que se desfazem 
ao longo do tempo.

essas entre linhas do destino
que se cruzam entre realidade e delírios...
Será que me esqueceu
ou eu que lembro demais...

Gilliard Quadrado Xavier

PoemasVersosPoesias

PoemasVersosPoesias
A origem da vida...é o ciclo em movimento.

Esse Blog é para os amantes da poesia ,versos e poemas

Minha foto
ELDORADO DO SUL, RGS, Brazil
Um escritor que vive no anonimato Graduado em gestão imobiliária e licenciado em Geografia.