quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Mãe, Tu és...





Mãe,
Tu és. Assim Tu és
O máximo dos máximos
O centro do meu mundo,
Meu refugio, meu tudo...
És meu colo,
quando preciso de afago;

És meu claro,
quando fico no escuro...
Tuas palavras soam como
melodias quando faladas,

Tens também a experiência
que me apresenta a vida,
e a sabedoria que ensina
a enfrenta lá...

És a minha inspiração
Quando escrevo coisas belas
tenho em minhas palavras
seu carinho
em meus versos seu amor...
Mãe!!!



Esta poesia é uma forma singela de homenagear uma pessoa especial " minha mãe",

mas servem para todas as mães...




Gilliard Quadrado Xavier






Nenhum comentário:

PoemasVersosPoesias

PoemasVersosPoesias
A origem da vida...é o ciclo em movimento.

Esse Blog é para os amantes da poesia ,versos e poemas

Minha foto
ELDORADO DO SUL, RGS, Brazil
Um escritor que vive no anonimato Graduado em gestão imobiliária e licenciado em Geografia.