sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

temporal de emoções

Temporal de emoções

A chuva chega,
o tempo fecha
Caí, corre e molha
Temporal a vista
E eu pobre infeliz
 cheio de sentimentos
Na sua janela a espera,
de um boa noite um aceno
Caí a chuva e sopra o vento
E eu sei que não tenho jeito
Fico a esperar, esperar...
As luzes piscam e se apagam
E tornam a acender
Mas eu em minha ignorância penso que foi um sinal
Nada anormal é apenas queda de luz...
Acordo na calçada com a alvorada estrelas ainda se escondendo
Mais um dia chegou
Acordo do sonho e nada mudou.

Gilliard Quadrado Xavier

Nenhum comentário:

PoemasVersosPoesias

PoemasVersosPoesias
A origem da vida...é o ciclo em movimento.

Esse Blog é para os amantes da poesia ,versos e poemas

Minha foto
ELDORADO DO SUL, RGS, Brazil
Um escritor que vive no anonimato Graduado em gestão imobiliária e licenciado em Geografia.