segunda-feira, 26 de maio de 2014

Água Chiada

Este chimarrão que sirvo agora

com esta água chiada

com esta erva  quase virada

por mais de hora, cevo sozinho...

Penso, na distância e como te alcançar-te a cuia

te homenageio minha mãe

com estas singelas palavras, com esse mate,

mesmo a distância a nos separar, agora 

chimarrearemos outrora

em outras caminhadas ou 

quando refazer o mate...

Estas palavras foram ressaltadas no último dias das Mães...


Gilliard Xavier

2 comentários:

Bárbara disse...

Adorei seu blog, seus poemas e essa gauchice que eu morro de saudade, porque sou do Sul, mas moro no RJ. Vou vir aqui sempre! Aquele abraço, tchê!

Mel disse...

Adorei! Voltarei mais vezes.

PoemasVersosPoesias

PoemasVersosPoesias
A origem da vida...é o ciclo em movimento.

Esse Blog é para os amantes da poesia ,versos e poemas

Minha foto
ELDORADO DO SUL, RGS, Brazil
Um escritor que vive no anonimato Graduado em gestão imobiliária e licenciado em Geografia.